sábado, 6 de agosto de 2011

0

Mito: Curupira ou Caipora


     É um mito do Brasil que os índios já conheciam desde a época do descobrimento. Índios e Jesuítas o chamavam de Caiçara, o protetor da caça e das matas.
     É um anão de cabelos vermelhos com pelo e dentes verdes. Como protetor das Árvores e dos Animais, costuma punir os agressores da Natureza e o caçador que mate por prazer. É muito poderoso e forte.
    Seus pés voltados para trás serve para despistar os caçadores, deixando-os sempre a seguir rastros falsos. Quem o vê, perde totalmente o rumo, e mão sabe mais achar o caminho de volta. É impossível capturá-lo. Para atrair suas vítimas, ele, ás vezes chama as pessoas com gritos que imitam a voz humana. É também chamado de Pai ou Mãe-do-Mato, Curupira e Caipora. Para os Índios Guaranis ele é o Demônio da Floresta. Às vezes, é visto montando um porco do mato.
Uma carta do Padre Anchieta datada de 1560, dizia: "Aqui há certos demônios, a que os índios chamam Curupira, que os atacam muitas vezes no mato, dando-lhes açoites e ferindo-os bastante". Os índios, para lhe agradar, deixavam nas clareiras, penas, esteiras e cobertores.
De acordo com a crença, ao entrar na mata, a pessoa deve levar um rolo de fumo para agradá-lo, no caso de cruzar com ele.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, obrigado pela visita, seu comentário vai me deixar muito feliz, bjus.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...